Como remover o glitter sem prejudicar a natureza

Chegou a hora de brilhar!

Já é Carnaval! E pra começar, opte por purpurina biodegradável, ou seja, que não é feita de microplástico e não prejudica a natureza, afinal é muito melhor brilhar sem culpa né? Por isso escolhemos a Glitra para ser nossa parceira nesse Carnaval.

A Glitra é uma purpurina biodegradável feita com ceras, manteigas e óleos naturais que fazem bem pra você, pro meio ambiente e pra expansão generalizada da alegria.

Apesar de ser biodegradável continua sendo purpurina, então dá um certo trabalho remover, aii se na hora de tirar o brilho você usar um monte de algodão e produtos químicos, não fecha a conta, né?

Pra resolver isso preparamos algumas alternativas super eficientes pra você não ficar encontrando glitter em tudo até o ano que vem.

  1. Pó antes da purpurina

Passe uma camada de pó compacto, base, iluminador, qualquer coisa que possa criar uma camada entre a sua pele e o glitter. Dessa forma, quando você for tirar a make, a purpurina sai junto com mais facilidade.

  1. Óleo de côco como demaquilante

Além de hidratar a pele, o óleo de côco ajuda a remover impurezas. Passe um pouquinho na mão e massageie bem o rosto.Depois venha com um papel higiênico ou algodãozinho de crochê retirando o excesso e levando todo o glitter embora e terminando com a pele hidratada e linda.

  1. Para limpar o chão

Antes de sair jogando água em tudo, primeiro tente juntar toda a purpurina. Se não der com a vassoura, faz uma tentativa com a mão húmida (vai grudar tudo na mão mas depois é só lavar). Não funcionou? Aí é a vez do aspirador de pó. E se não der jeito, apela para a fita adesiva de papel. É só cortar um pedaço bem pequeno, colar uma extremidade na outra, segurar com a mão e ir grudando os brilhos fugitivos.

  1. Tapetes, banco de carro, carpete

Em superfícies de tecido, fica mais fácil juntar a purpurina com uma escova de dentes velha ou uma escovinha dessas de esfregar roupa. Depois passa o aspirador e por último vai com a fita adesiva de papel.

  1. Lavar roupas com glitter separadas das roupas sem glitter

Para evitar que o brilho tome conta de toda a sua vida (mas bem que a gente gostaria, né?)

Lembrando mais uma vez a importância de usar glitter biodegradável. Os convencionais são feitos de micro pedaços de plástico revestidos de brilho. É lindo, mas acaba inevitavelmente indo parar na água. É tão pequeno que não fica retido em nenhum sistema de filtragem de água. Muitos animais veem aquela coisinha reluzente e acham que é comida. Vamos brilhar com ética, coerência, cuidado e carinho pela mãe natureza que nos permite essa folia tão linda chamada carnaval!

Por: Camila Grinsztejn